Mostre-me alguém que diga que não quer se sentir importante e eu lhe apontarei um mentiroso. Todos nós precisamos de reconhecimento e de elogios. Nosso apetite para receber elogios é como nosso apetite para nos alimentar, nunca fica satisfeito por muito tempo… Até mesmo os ricos e famosos gostam de ouvir regularmente que eles são ótimos e estão se saindo bem.

Se você assistir a entrevistas com estrelas de cinema, do mundo do esporte ou com altos executivos, vai notar que eles adoram ouvir elogios tanto quanto qualquer outra pessoa… tanto quanto você… Então, se você quiser influenciar outras pessoas, elogie-as! Claro que não precisa se tornar um puxa-saco. E muito menos enchê-las de elogios falsos. Apenas reconheça as características positivas das pessoas e diga isso a elas. Elas se lembrarão de você.

Às vezes acontece de você elogiar uma pessoa e deixá-la sem jeito ou embaraçada; mas tenha certeza de que, por dentro, ela estará feliz da vida. Exteriormente, algumas pessoas podem até parecer confiantes, seguras e satisfeitas consigo mesmas, mas quando você fala com uma pessoa bem-sucedida, de boa aparência e impressionante, não parece ser assim que ela se vê exatamente.

Só ela conhece aquela parte dela mesma que diz: “eu gostaria de ter olhos azuis, de ser um pouco mais alto e não haver cometido tanto erros na vida”. Dessa forma, quando você diz algo a ela, que para você parece evidente, isso surte o efeito de uma tomada de ar fresco, e a pessoa se sente nas nuvens.

Uma outra opção é o elogio de segunda mão; ou seja, dizer a alguém as coisas boas que você ouviu a respeito dela. As pessoas sempre ficam satisfeitas ao saber que os amigos e parentes falam bem delas. O elogio de segunda mão também é eficaz quando você está contratando os serviços de alguém pela primeira vez. Se você precisa dos serviços de um profissional, é comum pedir recomendação a alguém.

Assim, uma boa maneira de começar uma amizade e garantir um excelente serviço é dizer à pessoa contratada que você recebeu ótimas recomendações a respeito do trabalho dela. Primeiro porque elas apreciam o reconhecimento, depois para fazer jus à reputação. Em poucas palavras: as pessoas anseiam por reconhecimento. Se você optar por ver o lado positivo delas e elogiá-las quando for adequado, elas se sentirão maravilhosas e você também sairá ganhando com isso.

Andrew Matthews, no livro “Faça Amigos”

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas.

É deixar a preguiça de lado e se tornar o(a) autor(a) da própria história.

É trilhar um caminho para depois ter o que falar de si mesmo(a).

É não ter medo dos outros e cair na arena pra lutar pelo que se quer.

Só tem história pra contar quem vive a própria história.

E uma história não se vive na frente da TV ou do computador.

A verdadeira história de vida se vive na rua,

onde tudo está acontecendo agora.

Seu tempo é limitado, então não percam tempo vivendo a vida de outro.

Não sejam aprisionados pelo dogma – que é viver com os resultados do pensamento de outras pessoas.

Não deixe o barulho da opinião dos outros abafar sua voz interior.

E mais importante, tenha a coragem de seguir seu coração e sua intuição.

Eles de alguma forma já sabem o que você realmente quer se tornar.

Tudo o mais é secundário.

Steve Jobs

Quem não procura, não sente sua falta.

Quem não sente sua falta, não o(a) ama.

O destino determina quem entra na sua vida, mas você decide quem fica nela.

A verdade dói só uma vez. A mentira cada vez que você lembra.

Então, valorize quem valoriza você e não trate como prioridade que te trata como opção.